Como corrigir cavalo que empaleta

A síndrome do cavalo que empaleta é aquela que faz os cavalos começarem a querer adivinhar o movimento e virar antes da hora. Quer saber como corrigir? Confira uma das técnicas utilizadas:

Primeiro de tudo, um ponto que é unanimidade é que o cavalo antes de começar a ser treinado para qualquer modalidade, ele precisa ser bem domado. Entenda por bem domado o animal que foi dessensibilizado, sabe se movimentar de maneira equilibrada nas três velocidades (passo, trote e galope) e que o cavaleiro tem controle das diferentes partes do corpo dele (focinho, paleta, costela e garupa), o que facilitará a iniciação dele em qualquer modalidade. Para a grande maioria das modalidades, busca-se um animal que apoia bem os posteriores (patas traseiras), o que faz com que ele desloque o seu peso para lá e tenha facilidade em parar e em mudanças de direção, pois as mãos (patas da frente) estarão suportando pouco peso, o que faz com que a tarefa de movimentá-las seja mais fácil.

 

Mas se mesmo assim o seu cavalo já acostumou a mirar a lata e mandar ela para longe, fique tranquilo(a) porque temos uma dica de como não deixar mais a sua canela roxa.

Montado e em direção ao primeiro tambor, quando o cavalo quiser antecipar e fazer a curva para virar, mude a direção dele e faça um círculo para esquerda segurando as rédeas e posicionando o focinho dele para direita. Como um arco reverso.

Assim você está ficando no comando do animal, fazendo ele esperar os seus comandos, pois no ponto em que ele sempre começava a virar, você mostra que em algumas vezes você pode querer fazer um arco reverso para o outro lado. Isso cria uma indecisão na cabeça do animal, que não tem mais aquela certeza de que você vai virar o tambor.

Ponto para você que começa a ter o animal mais na sua mão na hora do início do giro, com a paleta em pé, da maneira que deve ser.

No tambor, cada vez mais procuramos as linhagens inteligentes e que “já nascem virando”. Mas essa inteligência e agilidade dos animais, que gera a precocidade no aprendizado pode virar o nosso principal problema.

Por isso é importante ter o animal na mão antes de começar a treinar qualquer modalidade e não exagerar nos treinos de percurso, para que o animal não comece a adivinhar a sua rotina. Use a sua imaginação e crie atividades para que o seu treinamento seja interessante também para o cavalo. É comum ouvir histórias de treinador que gosta de passear no pasto e fazer árvores de tambor, o importante é fugir sempre da monotonia.

Veja o que o Miguel Dias, treinador e integrante do Time Organnact, tem a dizer sobre isso.

Dá o play! ▶️

Como corrigir cavalo que empaleta

Uma penalidade de 5 segundos pode te tirar da disputa, fora aquela canela roxa que vai doer por vários dias. 🐎A síndrome do cavalo que empaleta é aquela que faz os cavalos começarem a querer adivinhar o movimento e virar antes da hora durante a corrida de três tambores. Quer saber como corrigir? Confira uma das técnicas utilizadas:Montado e em direção ao primeiro tambor, quando o cavalo quiser antecipar e fazer a curva para virar, mude a direção dele e faça um círculo para esquerda segurando as rédeas e posicionando o focinho dele para direita. Como um arco reverso.Veja o que o Miguel Dias, treinador e integrante do Time Organnact, tem a dizer sobre isso.Dá o play! ▶️Tem alguma dica para compartilhar com a gente? Escreve aqui nos comentários ⬇️ #Organnact #EntregaResultado

Publicado por Organnact em Quarta-feira, 29 de novembro de 2017